top of page

Green Design, EcoDesign e Design Sustentável - Entenda as diferenças!


A sociedade contemporânea está refletindo e reorganizando seus sistemas produtivos e de consumo. Nos deparamos com um modelo econômico que já apresentou inúmeras provas de insustentabilidade e esgotamento pelo seu alto impacto extrativista sobre os recursos naturais disponíveis no planeta. Com isso, surgiram algumas ramificações dentro do Design de novos objetos para que se pudesse pensar sobre o tema.

Ecodesign, Green Design e Design Ecológico são termos parecidos e que costumam confundir a maioria das pessoas. Apesar de significar coisas distintas, todos os termos estão relacionados à sustentabilidade: são meios de produzir novos produtos com o menor prejuízo ambiental e social, através de uma série de processos pensados para essa finalidade.

Entenda as diferenças e objetivos de cada método

  • Ecodesign

O Upcycling é um exemplo de Ecodesign porque emprega o uso de materiais que não teriam mais uso, senão o descarte. Além de utilizar matéria-prima reutilizada para fazer o produto novo, outro conceito importante é o de torna-lo mais utilizável, ou seja, isso quer dizer que a peça é pensada para durar o maior tempo possível, para ter peças que podem ser trocadas em caso de defeito (e não o objeto inteiro), entre outros. A ideia é gerar menos lixo do início ao fim da vida útil daquilo que está sendo produzido. E por falar em produção, não podemos esquecer que a fabricação deve usar pouca energia – ou a menor quantidade possível. Na hora de escolher um fonecedor de material, por exemplo, o que for construído com base no Ecodesign vai utilizar matérias-primas que são menos poluentes, que não são tóxicas ou que já são recicladas (upcycling). O Ecodesign pode ser inserido em qualquer etapa de produção. Geralmente os recursos naturais já são poupados logo no começo, ou já se pensa sobre o futuro daquele material na natureza - priorização a escolha de matéria-prima de fontes renováveis. Trata-se de um conceito do design que busca projetar produtos, serviços e até lugares mais ecológicos. Para tanto, a coisa a ser desenhada precisa passar por vários passos durante toda sua idealização e construção. Isso tudo porque todas as fases do processo são importantes para que o meio ambiente realmente agradeça no final.

  • Design Sustentável ou Ecológico

Pode parecer muito parecido com o Ecodesign, e realmente é, mas o design ecológico/sustentável tem a ver com mais do que apenas a sustentabilidade ambiental. Enquanto o Ecodesign foca realmente no impacto ambiental, o Design Sustentável trata de todos os pilares da sustentabilidade: social, econômico e ambiental. Ou seja, há um equilíbrio entre a ecologia em si, a economia e o lado social da produção. Afinal, para que realmente exista mudanças no mundo, é preciso ver a questão da sustentabilidade por vários prismas. O design sustentável, para existir, se baseia nessas três noções. É a criação de um produto ou um projeto que tem interdependência entre tudo, ou seja, ele deve ser ao mesmo tempo socialmente equitativo (promovendo o bem-estar social tanto de quem trabalha na produção das peças quanto de quem vai consumi-las), economicamente viável (para que a empresa ou instituição possa gerar retorno para a economia local) e, claro, ecologicamente favorável (buscando matérias-primas recicladas, renováveis e corretas).

  • Green Design

O Green Design é uma terminologia publicitária, para designar uma categoria do design que engloba a preocupação com a sustentabilidade. Ou seja, o Ecodesign e o Design sustentável estão inseridos no Green Design. E se você reparar, o Ecodesign também está dentro do Design Sustentável.

Todas essas denominações são ramificações do Design Sustentável e dos 3 pilares que o sustentam.

1.621 visualizações
RECENTES
ARQUIVO
PROCURE
POR TAGS
bottom of page